Meu testemundo

Hoje eu entendo porque nunca consegui fazer parte de nenhum grupo, porque nunca me encaixei nos padrões da sociedade, porque nunca fui ligada à moda e a tendências, porque nunca competi posição ou algo com alguém, porque nunca tive uma melhor amiga, porque nunca fui igual a ninguém.
Meu lugar nunca foi no mundo. Eu não pertenço ao mundo e por isto não possuo os padrões exigidos pela sociedade.
Eu vim ao mundo para fazer parte de algo diferente porque quem me enviou não queria que eu pertencesse ao mundo e, sim, que eu viesse  para mostrar às pessoas que nós pertencemos a um propósito maior que é dirigido por Deus.
Hoje eu entendo porque vivi o que vivi, porque vi o que vi e porque fiz o que fiz. Isto tudo na verdade serviu para que hoje eu possa falar de determinados assuntos com autoridade e poder dizer que este não é o caminho porque eu conheço ele e sei que não é o caminho certo.
Sobrevivi a uma enfermidade grave. Enfrentei uma sociedade toda em troca de uma liberdade. Fui a muitos lugares. Comecei uma nova vida no vermelho, superei muitas perseguições, levei muitas apunhaladas, enfrentei grandes decepções, superei sozinha momentos difíceis...enfim, eu vivi de verdade!
As coisas e as pessoas perdem este valor demasiado que damos a elas quando vimos que estas coisas na verdade são fúteis e passageiras.
Eu LOUVO A DEUS por ter me ensinado na prática todas as dores e lutas que enfrentei.
Eu gosto de desafios e de novo eu LOUVO A DEUS por não ter me posto no mundo para viver uma vida de mentira, ouvindo outros testemunhos e duvidando da verdade.
EU LOUVO A DEUS por ter feito da minha história um grande testemunho para os que viveram ao meu lado e viram que apesar de todos os problemas ainda há uma esperança e é possível conquistar o impossível porque eu consegui através do poder de Deus!
                                                                                                              Daia Bem

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que significa uma guirlanda em sua porta?

O mel, o leão e o enigma de Sansão!

Ninguém conhece a sua dor.