O inimigo é astuto e age para tragar principalmente os que não são dele

Quando tudo vai bem é que temos que tomar cuidado para que não caiamos na cilada do inimigo. Quanto mais próximos de Deus e mais fortes diante das investidas do diabo, com certeza ele mudará suas táticas. Não ache que ele agirá sempre com as mesmas tentações e oferecerá numa bandeja os mesmos pecados. O inimigo é astuto e age para tragar principalmente os que não são dele porque estas pessoas serão verdadeiros troféus porque através da queda de um crente ele derrubará outros junto com este irmão, porque você que serve a Deus é o exemplo e a força que motiva os que ainda não estão convertidos.
Você estava no mundo e queria muito uma coisa e depois de se converter Deus abriu um novo caminho, te deu uma nova direção, te deu outras coisas que não aquela lá atrás que você queria, pode ter certeza de que se ela for oferecida a você de forma doce, até mesmo por alguém próximo a você, trata-se de uma cilada para virar a sua cabeça e te tirar o foco do que Deus está preparando para você.
Muito cuidado. Peça a direção de Deus sempre, ainda que o assunto seja simples e não aparente tanto mal, pois é aí que o mal entrará na sua vida e te garanto que depois de entrar, ele não vai querer sair.
Preste atenção nesta passagem abaixo, nela os inimigos do povo de Israel foi astuto, com aparência de piedade, conheciam a fé do povo de Deus e usaram argumentos inocentes para enganá-los. Por que o povo de Deus caiu? Porque não consultaram a Deus sobre esta situação.

3 Contudo, quando os habitantes de Gibeom souberam o que Josué tinha feito com Jericó e Ai,
4 recorreram a um ardil. Enviaram uma delegação, trazendo jumentos carregados de sacos gastos e vasilhas de couro velhas, rachadas e remendadas
Os homens calçavam sandálias gastas e remendadas e vestiam roupas velhas. Todos os pães do suprimento deles estavam secos e esmigalhados.
6 Foram a Josué, no acampamento de Gilgal, e disseram a ele e aos homens de Israel: "Viemos de uma terra distante. Queremos que façam um acordo conosco".
7 Os israelitas disseram aos heveus: "Tal­vez vocês vivam perto de nós. Como poderemos fazer um acordo com vocês?"
8 "Somos seus servos", disseram a Josué.
Josué, porém, perguntou: "Quem são vocês? De onde vocês vêm?"
9 Eles responderam: "Seus servos vieram de uma terra muito distante por causa da fama do Senhor, o seu Deus. Pois ouvimos falar dele, de tudo o que fez no Egito
10 e de tudo o que fez aos dois reis dos amorreus a leste do Jordão: Seom, rei de Hesbom, e Ogue, rei de Basã, que reinava em Asterote.
11 E os nossos líderes e todos os habitantes da nossa terra nos disseram: 'Juntem provisões para a viagem, vão encontrar-se com eles e digam-lhes: Somos seus servos, façam um acordo conosco'.
12 Este nosso pão estava quente quando o embrulhamos em casa no dia em que saímos de viagem para cá. Mas vejam como agora está seco e esmigalhado.
13 Es­tas vasilhas de couro que enchemos de vinho eram novas, mas agora estão rachadas. E as nossas roupas e sandálias estão gastas por causa da longa viagem".
14 Os israelitas examinaram as provisões dos heveus, mas não consultaram o Senhor.
15 Então Josué fez um acordo de paz com eles, garantindo poupar-lhes a vida, e os líderes da comunidade o confirmaram com juramento.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que significa uma guirlanda em sua porta?

Não sou o que os outros querem que eu seja, eu sou quem eu tenho que ser

O mel, o leão e o enigma de Sansão!