segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Pare por um instante!

Pare por um instante!
Isto mesmo, pare por dez minutos e deixe Deus falar com você.
Como você vai ouvir a voz de Deus se você não deixa brecha para Ele falar.
Sua rotina é intensa, você tem mil coisas para resolver e muitos dependem de você, mas aí eu te pergunto, você depende de quem?
Você resmunga, fala dos seus problemas e não entende porque está sempre na mesma, pois eu sei o porquê, porque você só quer falar, reclamar, resmungar e não dá o tempo de Deus te mostrar o erro e consequentemente a solução para sair desta.
Coloque na sua agenda dez minutos diários para ficar só e nestes dez minutos evite pensar nas coisas que tem que fazer ou deixou de fazer. Fique em silêncio absoluto e observe o "nada", isto mesmo, pare para olhar o céu, a parede, uma planta... enfim, limpe seus olhos do que acontece ao seu redor e deixe Deus agir. Ele já sabe o que está acontecendo, não precisa ficar repetindo, só deixe Ele falar com você.

#falar #deus

sábado, 27 de dezembro de 2014

Um bom fim de semana a todos!

Que nossos dias sejam de alegrias, alegrias compartilhadas com aqueles que perderam a esperança e que através de nós vejam que é possível sonhar e recuperar a esperança que está adormecida em um peito ferido cheio de más lembranças.
Compartilhe, seja solidário, seja feliz e faça o outro feliz.
Um bom fim de semana a todos!
Foto: Que nossos dias sejam de alegrias, alegrias compartilhadas com aqueles que perderam a esperança e que através de nós vejam que é possível sonhar e recuperar a esperança que está adormecida em um peito ferido cheio de más lembranças.
Compartilhe, seja solidário, seja feliz e faça o outro feliz.
Um bom fim de semana a todos!

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Recomendo este filme

Recomendo este filme.

Que esta história sirva de alerta a muita gente.
Busca Alucinante
Após constatar o sequestro do seu marido, durante um exame de rotina, Mary Wash (Brittany Murphy) irá até as últimas consequências para descobrir seu paradeiro. Para piorar a situação, as investigações apontam que o rapaz jamais esteve no hospital de onde desapareceu. Talvez as pistas apontem para algo que jamais imaginaria.
#filme

Promessa de fim de ano:

Promessa de fim de ano:

Prometo que neste novo ano irei buscar cada dia mais a presença de Deus em minha vida. Quero pedir ao Pai sabedoria e entendimento para poder cumprir a vontade dEle no próximo ano.
Quero servir a Deus de toda alma e de todo coração. Me ajude a me aproximar de Ti, ó Pai.
Senhor me dê bons olhos, um coração limpo, pensamentos puros, espírito de mansidão, quero ter atitudes corretas e coerentes, enfim, me ajude a ser alguém melhor para te servir.
Amém!
Quanto ao resto nem precisa pedir: Buscai primeiro a Deus e as demais coisas serão acrescentadas.
Feliz ano Novo a todos!

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Não aceite palavras de derrota!

Não aceite palavras de derrota!
Por mais que digam que você está com cara de triste, com desânimo e que tem pena de você, não aceite esta situação.
Você é a pessoa mais feliz deste mundo e seu rosto resplandece a luz de Deus em você e, por esta razão, quem não é de Deus insiste em tentar te convencer do contrário para tentar apagar esta luz e esta força que você tem.
Não tome conselhos de quem não tem nada a acrescentar. Não se deixe contaminar.
#desânimo



sábado, 20 de dezembro de 2014

Recomendo este filme

Sutter Keely (Miles Teller) leva uma vida despreocupada. Ele nunca terminou os estudos, adora festas e álcool, e troca frequentemente de namorada. Quando é rejeitado por uma de suas pretendentes, ele se embebeda e acorda em um gramado ao lado de Aimee Finicky (Shailene Woodley). Nasce uma relação improvável entre esta garota solitária, fã de ficção científica, e o homem que vive apenas no tempo presente.

Não importa se você é gay, lésbica, espírita, crente...

Não importa se você é gay, lésbica, espírita, crente...
Para Deus você é um ser humano, uma alma, uma alma carente, uma alma aflita.
Você, quando nasceu, não nasceu da forma que você está hoje, você nasceu como todas as crianças: inocentes, puras. E Deus vê você como uma alma que por conta das circunstâncias tem feito de você uma criatura sofrida.
Mas Deus enviou Jesus, como oferta viva para estender  as mãos para você. Então, em nome do Senhor Jesus seja livre de todas estas aflições, porque pelo nome do Senhor Jesus nós temos acesso a presença do Deus todo poderoso, o eterno Pai!
Seja abençoado, em nome de Jesus.
Um bom fim de semana a todos!

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Não dê papo e corda para o mal.

A história de Sansão na bíblia nos mostra que de nada adianta termos força se não tivermos sabedoria e a direção de Deus.
Não vejo Dalila como sendo a grande vilã, pois afinal de contas o inimigo poderia ter usado qualquer outra pessoa para persuadi-lo porque o Diabo age assim: ele tenta de uma maneira e se não funciona parte para outro método até que ele alcance seu objetivo. O inimigo não cansa, ele anda em derredor  procurando a quem possa tragar. Se ele usou Pedro para tentar desencorajar Jesus, imagina o que ele é capaz de fazer para derrubar nós.
Nesta história de Sansão mostra claramente que o grande culpado foi o próprio Sansão, que não era sábio, que se achava o tal e foi brincando com a sorte até que num piscar de olhos, tropeçou.
Não seja tolo. Não dê papo e corda para o mal. Peça a direção de Deus sempre e principalmente, peça a Ele a sabedoria para agir em momentos difíceis.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Poderei ler mil vezes este salmo e mil vezes ele fará sentido para mim!

Poderei ler mil vezes este salmo e mil vezes ele  fará sentido para mim!

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.
Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.
Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.
Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.
Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,.
Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.
Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.
Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.

Salmos 91:1-8

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

O mel, o leão e o enigma de Sansão!

O mel, o leão e o enigma de Sansão!

Depois de alguns dias, Sansão e seus pais desceram para o casamento.

E logo após a cerimonia, Sansão deu um banquete, como era o costume dos noivos.

Como hoje, naquela época em festas de casamentos se convidavam os amigos. Mas como Sansão estava em terra estranha, não pode convidar seus amigos, de modo que só haviam convidados filisteus.

Então a noiva convidou 30 amigos filisteus para sua festa de casamento que duraria uma semana.

Foi quando Sansão propôs um enigma sobre o leão e o mel aos trinta convidados ali presentes e uma aposta.

E Sansão lhes disse:

_ Atenção meus convidados! Eu tenho uma adivinhação... Quero ver se vocês filisteus além de bárbaros são inteligentes.

_ Hum... E o que vamos apostar?

_ Aposto trinta túnicas de linho puro e trinta roupas finas que, antes de se passarem os sete dias da festa de casamento, vocês não me darão a resposta.

Eles responderam:

_ Então diga qual é a adivinhação?

Sansão disse:

_ Do que come saiu comida, e do forte saiu doçura.

_ Comé queé??? Que droga e enigma este?

_ É isso aí, vocês têm sete dias...

Passaram-se três dias e eles ainda não haviam encontrado a resposta para a adivinhação.

Como os filisteus não gostavam de perder para os hebreus nem par ou impar, no quarto dia disseram à mulher de Sansão:

_ Dê um jeito de fazer o seu marido dar a resposta da adivinhação.

_ Mas porque deverei eu trair meu marido?

_ Se você não fizer isso, nós vamos pôr fogo na casa do seu pai e vamos queimar você junto.

Os filisteus como animais irracionais eram cruéis e traiçoeiros, mesmo com seu próprio povo.

_ Porque vocês estão fazendo isso comigo? Vocês são meus convidados especiais... Disse a esposa de Sansão.

_ Porque odiamos este Hebreu e porque vocês só nos convidaram para poder nos roubar, e nos humilhar, não foi?

Sem alternativa, a mulher de Sansão lhe procurou desesperada e disse:

_ Meu amor, conte-me o segredo de seu enigma...

_ De jeito nenhum minha querida!

_ VOCÊ NÃO ME AMA! NÃO... VOCÊ ME ODEIA!

_ O quê? Tá ficando maluca mulher, que nóia é essa?

_ Você deu uma adivinhação aos meus amigos e não me contou a resposta!

_ Mas eu não contei nem para o meu pai nem para a minha mãe.

_ Mas eu sou sua esposa!

_ E Por que acha que eu iria contar para você?

_ ÓÓÓ... VOCÊ É UM MONSTRO INCENSÍVEL!

Então ela chorou durante os outros dias da festa.

E quando sansão tentava falar com ela...

_ Oi querida...

_ VOCÊ É UM HOMEM SEM CORAÇÃO!

No sétimo dia, como a mulher não mudava o semblante de tristeza, ele disse a resposta.

E ela foi correndo contar aos filisteus.

E assim, já com a resposta esperam chegar ao sétimo dia e antes de anoitecer os filisteus disseram a Sansão:

_ Sansão?

_ Olá!

_ Queremos responder ao seu desafio...

Sansão mandou parar a música e reuniu a todos os convidados.

_ Pois então me digam...

_ Foi muito fácil, Sansão...

_ Então digam!

_ Lá vai... Que coisa é mais doce do que o mel? E o que é mais forte do que o leão?

_ HÃ?

_ Isso mesmo, mel e leão!

_ MALDITOS INCIRCUNCISOS! VOCÊS SÓ PODEM TER TIRADO ESTA RESPOSTA DE MINHA ESPOSA!

Neste instante, a esposa de Sansão sai da sala.

_ Agora que ganhamos sua aposta Sansão, deve nos pagar, certo?

_ Voltem aqui amanhã e eu lhes pagarei.

Sansão estava muito furioso com sua mulher e com os filisteus.

Então o Espírito do SENHOR fez com que Sansão ficasse forte, e ele desceu até uma cidade dos filisteus, Ascalon, que ficava cerca de 40 quilômetros de distância, o que daria uns 7 ou 8 horas a pé.

Ao chegar lá, matou trinta homens e levou as vestes deles como despojo para pagar a aposta.

Ele estava com muita raiva, tanto com os filisteus como de sua esposa, que o havia traído durante sua festa de casamento.

Por esse motivo, recusou-se a continuar casado com ela, e decepcionado voltou para a casa de seus pais.

Com o sumiço de Sansão, sua mulher acabou sendo dada ao homem que tinha sido o padrinho de casamento dos dois.

Sansão tinha aprendido com esta experiência que a vaidade e o egoísmo só levam ao pecado e a desilusão.

Voltando para casa, sozinho e arrasado, o que sentia servia pelo menos para impulsioná-lo a encontrar um caminho melhor.

Deus ainda poderia usá-lo a fim de levar Israel a completa vitória sobre os filisteus.

No entanto, Deus continuaria a trabalhar através de Sansão, na medida em que este lhe permitisse usá-lo.

Autor:Clailton Luiz - Empresário, Palestrante, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade, Escritor, Autor do Livro “Empreendedor Gourmet”, Professional e Self Coach, Leader Coach, Analista Comportamental pela Coaching Assessment. Líder de Jovens e adolescentes, pregador, professor e amante da Palavra de Deus!
#sansão #prova

sábado, 13 de dezembro de 2014

Preso suspeito de estuprar cerca de 70 adolescentes em rituais satânicos

Preso suspeito de estuprar cerca de 70 adolescentes em rituais satânicos
Caso ocorrido no Amazonas atesta como o mal tem devastado a sociedade

Renato Reis Fragata (fotos), de 30 anos, é suspeito de ter estuprado cerca de 70 garotas de 13 a 17 anos de idade. O caso chocou os moradores da cidade de Iranduba, Região Metropolitana de Manaus (AM), onde o acusado foi preso.

Segundo informações da polícia, Renato se aproximava de garotas no portão de uma escola municipal alegando fazer parte de uma banda de rock, para atraí-las. Depois, quando conquistava a confiança delas, as levava para casa ou para um cemitério e afirmava também ser o líder de uma seita de bruxaria.

Então, o suspeito dizia à vítima que para fazer parte da seita ela teria de cumprir um ritual – um duelo de orações, ingerir sangue de um animal e cometer o homicídio de um inimigo. A adolescente também teria a opção de pular o ritual, caso mantivesse relações sexuais com ele – Renato alegava que assim ele poderia transferir a energia dele para ela.

“Uma das meninas engravidou de outro homem e o próprio Renato acabou realizando um procedimento de aborto. Segundo ele, o aborto teria sido feito por meio de uma oração”, afirma o delegado Paulo Mavignier, da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Iranduba.

Os estupros também aconteceram em outra cidade

Os estupros começaram em 2013, na cidade de Parintins, no interior do Amazonas, onde Renato respondeu por cinco inquéritos. Ele foi preso por 3 meses, porém ganhou liberdade provisória enquanto aguardava julgamento. Durante esse período, como já estava conhecido entre a população local, decidiu fugir para Iranduba. Ali, praticou os rituais por pelo menos 3 meses, até ser preso.

"Ele confessa tudo. Diz que fazia parte de uma igreja cristã e que tinha uma vida tranquila, só que não conseguia formar uma família ao lado de uma mulher e por isso resolveu se especializar em magia negra", diz o delegado Mavignier.

O maníaco também mantinha um grupo fechado em uma rede social e divulgava imagens dos rituais. "Era uma espécie de registro dos rituais que ele compartilhava com as integrantes desse grupo", conta o delegado.

As investigações começaram em Iranduba, após denúncia da direção da escola afirmando que muitas estudantes vestiam-se em estilo gótico e comportavam-se de modo estranho. “Ele relatou no interrogatório que em Parintins teve relações com mais de 50 garotas. Em Iranduba ele disse que foram aproximadamente 20”, esclarece o delegado.

O mal trabalha de maneira incansável

A sensação de insegurança diante de acontecimentos como esse é frequente na sociedade atual. Diariamente a mídia revela casos de pessoas que são totalmente dominadas por atos de loucura e crueldade, provocando assassinatos, estupros,entre outras atrocidades.

A maldade tem conquistado cada vez mais espaço na rotina das pessoas e, com isso, os espíritos malignos têm destruído vidas.

Nunca a humanidade esteve tão longe de Deus e de Seus ensinamentos, que são bons para que todos vivam em paz e felicidade. Desse modo, a sociedade tem valorizado os ensinamentos contrários aos do Senhor. Os filhos não respeitam os pais e os pais não conseguem ser exemplo para os filhos. Os jovens preferem se aventurar no mundo das drogas, da criminalidade e da prostituição ao invés de investirem na construção de uma vida produtiva e saudável. As famílias estão desestruturadas e o egoísmo cria ambientes hostis para se viver.

Por isso, é importante que todos se voltem para Deus, pois, por meio dEle, vidas são restauradas, os vícios são vencidos, os casamentos são abençoados e é possível conquistar uma vida repleta de felicidade verdadeira.

Se você tem visto sua família ser destruída, a miséria invadir a sua vida, as doenças promoverem sofrimento em sua casa, não espere que a situação piore, procure pela ajuda do Senhor Jesus. Tome uma atitude e busque a libertação daquilo que tem lhe afligido, participe de um encontro em uma Igreja mais próxima da sua casa.


sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Acordei neste espírito

Meus olhos estão em ti
Não posso deixar de te ver!
Seguro em tuas mãos, estou
A tua palavra me diz
Eu não me guiar pelo que vejo aqui
Vivo pela fé, em ti meu deus.
O vento pode soprar, o mar se enfurecer
O mundo pode me atacar, maior és tu em mim!
Deus da minha vida, Senhor da minha casa
Dono do meu coração, confio em ti!
A minha alma canta, quão grande és tu, Senhor
Sobre tudo que vier contra mim, tú és maior
O vento pode soprar, o mar se enfurecer
O mundo pode me atacar, maior és tu em mim!
Deus da minha vida, Senhor da minha casa
Dono do meu coração, confio em ti
A minha alma canta, quão grande és tu, Senhor!
Sobre tudo que vier contra mim, tú és maior! Tú és maior!
Deus da minha vida, Senhor da minha casa
Dono do meu coração, confio em ti
A minha alma canta, quão grande és tu, Senhor
De tudo que vier contra mim, tú és maior!
Meus olhos estão em ti

A História de Jefté Tem Uma Mensagem Para Você!

A História de Jefté Tem Uma Mensagem Para Você!
Jefté era de Mizpá, em Gileade, terra de Jó e Elias. Seu nome (hebraico/aramaico - יפתח Yiftach / Yipthaχ) . Foi um dos Juízes de Israel por um período de seis anos (Jz 2:7 ). Jefté viveu em Gileade e foi um membro da Tribo de Gade Js 12:1 ; Js 12:6 e Js 13:1 – Na divisão das terras depois da conquista de Canaã por Josué, a tribo de Gade(7º filho de Jacó) ficou com a terra além do Jordão – a terra de Gileade. O nome de seu pai era também Gileade.

Depois de ser expulso de casa por seus meio-irmãos por ser filho de uma prostituta, ele foi viver em Tobe, a leste de Gileade e foi viver com homens levianos. Os amonitas entraram em guerra contra os israelitas e não tinha nenhum homem com as qualificações de Jefté, homem valoroso e guerreiro e os anciões foram buscá-lo na terra de Tobe. Estrategicamente Jefté tentou negociações com reinos vizinhos, pois não queria derramamento de sangue, porém todas as negociações foram sem sucesso. Partiu para o 2º plano que foi o ataque sob a direção de Deus.

Antes de partir para a guerra, ele fez um voto ao Senhor, que caso ele retornasse para casa vitorioso, quem primeiro da porta de sua casa saísse ao seu encontro, esta pessoa seria oferecida em holocausto ao Senhor. Ele voltou vitorioso, mas quem saiu-lhe de casa ao seu encontro foi sua filha única, Logo que ele a viu, rasgou as suas vestes, e disse: Ai de mim, filha minha! muito me abateste; és tu a causa da minha desgraça! pois eu fiz, um voto ao Senhor, e não posso voltar atrás. (Juizes11:36) Ela lhe respondeu: Meu pai, se fizeste um voto ao Senhor, faze de mim conforme o teu voto, pois o Senhor te vingou dos teus inimigos, os filhos de Amom.

A HISTÓRIA DE JEFTÉ CONTÉM UMA MENSAGEM DE DEUS PARA VOCÊ

01.  O NOME DE JEFTÉ ESTÁ NA GALERIA DOS HERÓIS DA FÉ

Se você fosse escrever uma lista de heróis, será que você colocaria na lista uma prostituta ou um filho de prostituta?!  Provavelmente,  não!... -   Entretanto, na galeria dos heróis da fé de HEBREUS 11, nós encontramos o nome de Raabe, aquela prostituta que salvou a vida dos espias de Jericó. E encontramos também o nome de JEFTÉ, cuja mãe era uma prostituta.   Veja Hb 11:31 Hb 11:32  (Raabe e Jefté) e, observe o que diz Hb 11:38 e Hb 11:39 a respeito deles....

Não importa qual seja a sua história ou a sua origem... você pode ser alguém que tenha sido escolhido por Deus...

Você já sabe alguma coisa sobre isto? O Senhor já lhe disse que você é um escolhido? Lá dentro, em uma parte muito interior, você sente a convicção de que Deus tem um propósito especial com você nesta terra?

Pense um pouquinho em Jefté: Nascido de uma prostituta numa época em que os preconceitos eram bem mais acentuados que hoje; criado com seu pai numa família que simplesmente não o aceitou; ele foi, durante toda sua infância e juventude, um filho rejeitado; foi expulso de sua casa e de sua cidade para não ter direito na herança de seu pai; viu-se obrigado a fugir, temendo talvez, pela própria vida; e, por último, teve que ir morar numa maloca com pessoas de má fama...

Sua situação é pior que a dele? A história dele é parecida com a sua?

Jefté era alguém que tinha tudo para ser um homem fracassado. Todavia, isso não exerceu influência sobre sua personalidade... Ele era líder, era valente e querido por seus conterrâneos. JEFTÉ ERA UM ESCOLHIDO!

02.  JEFTÉ TINHA UM PAI OMISSO

Gileade, seu pai, em momento nenhum interveio a favor de seu filho Jefté. Os meio irmãos deste o desprezaram e, provavelmente, foram instigados pela própria mãe, por questões de ciúmes, de vingança. O pai, em situações assim, tinha que impedir qualquer atitude de desprezo para com seu filho que não era culpado de ter nascido nestas condições.

Mas, Gileade foi omisso. Mesmo quando os seus filhos expulsaram a Jefté, forçando-o a fugir, ele parece ter feito de conta que não tinha nada a ver com isto.

Fica aqui uma mensagem para os pais. É de sua responsabilidade a maneira como seus filhos são criados. É de sua responsabilidade dar a cada filho, em particular, proteção, apoio e condições para se desenvolver como pessoa e como cidadão.

Se, por acaso, você também tem um filho ou filha que é fruto de seu deslize moral, não o trate com menosprezo, e não permita que seus outros filhos o façam. Tente criar um abiente em que todos tenham os mesmos valores e direitos.

03.   DEUS MESMO CRIOU O AMBIENTE FAVORÁVEL AO SUCESSO DE JEFTÉ

Os amonitas apertaram o povo de Israel, especialmente pelo lado Leste, nas terras de Gade e de Manassés. Foi aí que Deus entrou com providência para mostrar para eles que ninguém deve ser desprezado por qualquer que seja sua origem ou cacterísticas físicas ou por ciúmes ou por inveja.Eles não tiveram outra opção a não ser ir atrás de Jefté, porque ele era o único, em sua época, que tinha perfil para aquele tipo de situação.

É incrível como todo aquele que tem uma chamada de Deus sofre perseguições, é mal compreendido e, algumas vezes, é forçado a fugir, para que se vejam livres dele(a).

Mas, se você é mesmo um escolhido, sua história não acaba aqui. Hoje você pode até estar chorando, mas amanhã você irá sorrir. Deus vai te levantar das cinzas e do pó. Deus vai fazer tudo o que tem te prometido. Você vai ver as mãos de Deus te ajudar. Quem te ver há de falar: Ele é mesmo um escolhido.

Aí, os hipócritas vão dizer que você nasceu prá vencer. Olha o que eles dizem: "Eu já sabia, porque você tinha mesmo cara de vencedor".

Mas, se Deus quer agir, nuinguém pode impedir... E assim, Deus vai criando o ambiente favorável ao seu sucesso!!!

04. JEFTÉ ESTAVA PRONTO PARA O KAYRÓS

O Kayrós é o tempo de Deus. Não é como o Kronus, o tempo que precisa ser agendado e perseguido pelo homem. O kayrós acontece...

Para todos nós haverá o kayrós. A diferença entre uns e outros é que muitos, ao passarem pela prova, guardam em seu coração rancor e mágoa. No dia que o kayrós acontece, não estão preparados e chutam sua bênção.

Jefté estava livre do peso das mágoas. Ele compreendeu o agir de Deus em seu favor e não perdeu a oportunidade ímpar que a vida lhe ofereceu. No dia seguinte ele já era o comandante do exército de Gileade e líder de seus próprios irmãos...

A história de Jefté é bem parecida com a história de José do Egito, não é? - Pois é, a história vem se repetindo ao longo dos milênios. E, para nós, haverá um kayrós. Pode ter certeza disso. O seu dia já está na agenda de Deus...

Quem te viu passar na prova e não te ajudou, quando ver você na bênção vai se arrepender. Vai estar entre a platéia e você no palco...

O Senhor é aquele que "prepara uma mesa perante mim na presença de meus inimigos..." - É aquele que "unge a minha cabeça com óleo e o meu cálice transborda!!!"

Fica essa mensagem para você meu querido irmão. Não leia a história de Jefté apenas pela curiosidade de saber se ele matou ou não a sua filha. A Bíblia não é apenas um livro histórico. Ela é a carta de Deus com uma mensagem para nós. Veja em cada história deste maravilhoso livro a mão de Deus demonstrando o cuidado dEle para com você.

Como Jefté, como José do Egito, como Jabez, como Raabe e como tantos outros, o seu nome ainda vai parar na galeria dos heróis da fé!!!

Em Cristo, Pb. Sandoval Juliano
#rejeitado #líder

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Então tornaram os filhos de Israel a fazer o que era mau aos olhos do Senhor, e serviram aos baalins, e a Astarote, e aos deuses da Síria, e aos deuses de Sidom, e aos deuses de Moabe, e aos deuses dos filhos de Amom, e aos deuses dos filisteus; e deixaram ao Senhor, e não o serviram. E a ira do Senhor se acendeu contra Israel; e vendeu-os nas mãos dos filisteus, e nas mãos dos filhos de Amom. E naquele mesmo ano oprimiram e vexaram aos filhos de Israel; dezoito anos oprimiram a todos os filhos de Israel que estavam além do Jordão, na terra dos amorreus, que está em Gileade. Até os filhos de Amom passaram o Jordão, para pelejar também contra Judá, e contra Benjamim, e contra a casa de Efraim; de modo que Israel ficou muito angustiado. ¶ Então os filhos de Israel clamaram ao Senhor, dizendo: Contra ti havemos pecado, visto que deixamos a nosso Deus, e servimos aos baalins. Porém o Senhor disse aos filhos de Israel: Porventura dos egípcios, e dos amorreus, e dos filhos de Amom, e dos filisteus, E dos sidônios, e dos amalequitas, e dos maonitas, que vos oprimiam, quando a mim clamastes, não vos livrei das suas mãos? Contudo vós me deixastes a mim, e servistes a outros deuses; pelo que não vos livrarei mais. Ide, e clamai aos deuses que escolhestes; que eles vos livrem no tempo do vosso aperto. Mas os filhos de Israel disseram ao Senhor: Pecamos; faze-nos conforme a tudo quanto te parecer bem aos teus olhos; tão-somente te rogamos que nos livres nesta vez. E tiraram os deuses alheios do meio de si, e serviram ao Senhor; então se angustiou a sua alma por causa da desgraça de Israel. Juízes 10:6-16

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Há outros meios de "curtir" a vida, você que não descobriu ainda!

Há outros meios de "curtir" a vida, você que não descobriu ainda!
Não, você não precisa beber para se divertir, nem passar a noite em claro numa festa,nem dormir com um ou com outro(a)  para ter prazer e muito menos se drogar para aproveitar o que há de melhor no mundo.
Guarde este dinheiro que você torraria na sua própria destruição e junte por um mês ou alguns meses e faça um passeio ou uma viagem, vá conhecer lugares novos. Saia para jantar ou almoçar fora num bom restaurante ou num lugar próximo a natureza. Tire o dia para ir a um parque aquático com alguém. Compre um aparelho de última geração, compre roupas de qualidade, se dê um presente sofisticado. Compre uma bicicleta, ou uma moto, ou quem sabe um carro melhor e saia um dia para outro lugar.Vá ao cinema ver um lançamento. Dê um presente a alguém, faça outra pessoa feliz. Faça caridade!
Há muitos meios de curtir a vida, eu só citei alguns dos meios saudáveis que há por aí.
Pare de se destruir para impressionar os outros e porque elas mandaram você fazer coisa errada para curtir a vida.

Quando você precisar de Deus onde você irá procurá-lo?

Quando você precisar de Deus onde você irá procurá-lo?
Na igreja, onde o espírito é de oração e quem está lá para aconselhá-lo é um homem ou mulher que dedica sua vida a servir a Deus, alguém que medita  na palavra de Deus dia e noite e que lhe dará um conselho baseado nos preceitos bíblicos. Ou você irá no salão de baile, regado a músicas com apelos sexuais ou de descornamento, algumas vezes até com apelo ao uso de drogas e rebeldia. Um ambiente onde a pessoa que você irá encontrar para conversar estará, provavelmente embriagada e o que sairá da boca dela serão besteiras e futilidades?
Pois é, a resposta é óbvia!
Então por que você continuaria a frequentar estes tipos de lugares onde não há nada e nem ninguém que beneficie e acrescente algo na sua vida?
Você tem que tomar uma decisão: ou você é de Deus ou não é. Não tem como você ser de Deus e andar no meio do lixo que este mundo oferece. Pare de andar com pessoas erradas, nos lugares errados, fazendo coisas erradas.
Pare de sofrer por teimosia e apego ao que é errado.
Tome uma decisão! Pare de servir a dois senhores.

"Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará a um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro". Mateus 6:24

sábado, 6 de dezembro de 2014

Recomendo este filme

Como é de praxe, “O Exame” é mais um filme que vai para a coleção dos que considero instigantes e inteligentes, trazendo na bagagem  um suspense psicológico dirigido por Stuart Hazeldin que fez este belo e caprichado trabalho.
O título praticamente entrega o filme. Trata-se de uma prova eliminatória para um cargo de direção em uma misteriosa empresa, sendo oito candidatos, quatro do sexo masculino e quatro do feminino que já superaram todas as outras etapas da seleção para o emprego dos sonhos, faltando apenas esta última avaliação final e classificatória que fará sair dali um único vitorioso no tempo estipulado de oitenta minutos. A prova consiste em se encontrar a resposta para uma única pergunta que não é revelada; significa que deve-se, primeiramente, descobrir qual é essa pergunta para depois respondê-la na própria folha completamente em branco no prazo determinado. Confinados em uma sala sem nenhuma janela, com o número exato de mesas e cadeiras correspondentes a cada um dos concorrentes, como proceder para se descobrir a tal pergunta? Sinistro, não? É um mistério, um enigma exigindo o máximo de perspicácia, esforço mental e sagacidade, e durante esse tempo muita coisa acaba acontecendo.
O filme começa com a apresentação dos personagens ainda em suas residências, impecavelmente vestidos, acertando os últimos detalhes e o mais intrigante é que cada componente corresponde a uma determinada etnia: o asiático, o pardo, o negro, o branco, e provavelmente a miscigenação. Alguns detalhes clichês, são bem marcados, não passam despercebidos como, por exemplo, um dos candidatos lavando as mãos antes de sair e também colocando óculos, talvez como que dizendo: ‘Lavo as mãos e o que tiver que ser, será, devo enxergar que a vaga está garantida: é minha!”

Quem foi Baal?

Quem foi Baal?
Saiba quem era esse espírito maligno e como ele atua ainda nos dias de hoje
Por Daniel Cruz
No Monte Carmelo ocorre um desafio. De um lado Elias, o profeta de Deus, do outro, 450 profetas de Baal mais 400 de Aserá. Todo o povo de Israel espera pelo resultado do duelo – eles querem saber quem é o verdadeiro Deus. O povo já deixou o coração se corromper pelos costumes errados do rei Acabe. Mas Elias está ali para restituir a aliança de Deus com o Seu povo.

A Bíblia narra a passagem acima no primeiro livro de Reis, capítulo 18, que conta que Deus fez descer fogo do céu para consumir o holocausto, confirmando Seu poder. Porém, esse trecho da história gera um questionamento: mesmo conhecendo a autoridade do Altíssimo de outras ocasiões no passado, o que levaria o povo de Israel a abandonar totalmente a fé no verdadeiro Senhor?

O livro de 1 Reis relata que Acabe era filho do rei Onri, uma pessoa má diante do Criador, o qual fez pior do que todos os reis antes dele. Porém, quando Acabe assumiu o reinado, fez maldades piores do que as de seu pai, e ainda casou-se com Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios – também conhecidos como fenícios. Jezabel ergueu o altar de Baal, que, na verdade, tratava-se de um espírito maligno entre os israelitas.

O deus dos povos de Canaã

Quando o povo de Deus encontrou a Terra Prometida, Canaã, vários povos já habitavam o lugar e tinham um culto aos seus deuses – um deles era Baal. Esses povos eram os cananeus, os filisteus, os moabitas, os amorreus, os ferezeus, os amonitas, entre outros. Por cada povo ter uma versão própria de Baal, deu-se o nome de Baalim ao seu plural.

Pelo fato de o povo de Deus ter de compartilhar a mesma terra com esses povos, frequentemente, como narra o Antigo Testamento, deixavam se corromper com a cultura da região. Em 1928, na cidade de Ugarit, localizada no atual norte da Síria, uma obra chamada “Ciclo de Baal” foi encontrada em um sítio arqueológico. A obra contava a lenda de Baal, que se tratava de uma referência ao ciclo de colheita, segundo os pesquisadores.
Na narrativa imaginária, Baal era filho de Dagon e pai de Asterote, outros deuses da cultura de Canaã. Vários nomes desse período eram compostos com o termo “baal”, como por exemplo, Etbaal – o pai de Jezabel –, Aníbal – um general cartaginês –, Asdrubal – um dos comandantes de Aníbal.

Os cultos a Baal, assim como à Asterote e outros deuses, eram marcados por sacrifícios de crianças, queima de incenso, sacerdotes cortando o próprio corpo e apelos sexuais, o que fazia com que, obviamente, o povo de Israel se distanciasse dos ensinamentos de Deus. Isso custou muito caro para os israelitas nos tempos do profeta Elias, porque uma grande seca veio sobre eles, causando miséria.

Baal nos dias de hoje

Embora o culto a Baal tenha ficado restrito aos tempos bíblicos, atualmente seus preceitos ainda são seguidos por muitas pessoas, e talvez elas nem saibam do pecado que cometem. Quando alguém se envolve com orgias e prostituição, coloca algo acima de Deus em seu coração (um bem material ou um relacionamento, por exemplo) ou simplesmente se se distancia da presença do Senhor, consequentemente age como os adoradores de Baal do passado. E, certamente, sofrerá as consequências desse erro.

Por isso, é importante ter consciência de que quando você se entrega às vontades do mundo e cultiva o pecado, está agindo igual ao povo de Israel que negou a Deus. Então, enquanto há tempo, busque a presença do Senhor Jesus.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Talvez você esteja que nem Gideão

- Senhor, como posso libertar Israel? A minha família é a mais pobre da tribo de Manassés, e eu sou a pessoa menos importante da minha família.
Mas o Senhor disse:
- Você pode fazer isto porque eu o ajudarei. Você esmagará todos os midianitas como se eles fossem um só homem.

Pois é, Gideão não se achava capacitado e se considerava a menor das criaturas, no entanto Deus mudou a sua história e fez dele um grande homem, mas isto só foi possível porque Gideão cria, obedecia e servia a Deus.
Talvez você esteja que nem Gideão, olhando para as suas limitações e dificuldades e está esquecendo da grandeza e da capacidade de Deus. Se você é com Deus, Deus é contigo.
Creia, vá a luta, persevere, obedeça e mantenha-se firme porque a vitória é certa.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Este é o segredo!

Louvem a Deus, o Senhor! Os Israelitas resolveram lutar e o povo se apresentou alegremente!
E dos quarenta mil homens de Israel nenhum carregava escudo ou lança! O meu coração está com os comandantes de Israel, com o povo que se ofereceu alegremente. Louvem a Deus, o Senhor! Trechos de Juízes 5
Este é o segredo!
Apresente-se alegremente para a sua batalha diária. Deus é contigo. Não há mal que resistirá diante da presença do Deus Pai Todo Poderoso. Deus é fiel. Ele não desampara os que são seus. Porém, não deixe seu coração azedar. Não olhe para as adversidades. Esqueça o tamanho do gigante e olhe para a grandeza do Deus que você serve.
Alegre-se, louve a Deus.
Deus é bom o tempo todo e o tempo todo Deus é bom!
‪#‎alegria‬ ‪#‎segredo‬

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

"MARIOLOGIA" - Estudo sistemático sobre Maria, genitora de Jesus.

"MARIOLOGIA" - Estudo sistemático sobre Maria, genitora de Jesus.

CULTO À MARIA" (JEREMIAS 07.18)- Esse título honorífico de "deusa" romana até outubro de 1954 estava faltando, porém nesta data o mesmo foi inserido para coroar o ano do centenário da proclamacão do dogma da Imaculada Conceicão , o papa Pio XII instituiu a festa de coroação de Maria como rainha do céu para ser celebrada no dia 31 de maio , chamado o mês de Maria na carta encíclica. O sumo pontífice declara que desde o início o povo tem levado oracões, súplicas e hinos de louvor e adoracão a rainha do céu. O referido papa , por ocasião da coroação solene de uma imagem da virgem Roma, no dia primeiro de novembro de 1954 salientou que o seu desígnio era que o mundo buscasse remédio , alívio para suas angústias e orientações para as suas vidas. O fato de Maria receber todo o culto que antigamente era atribuído a Semiramis e a deusas correlatas, revela a força da maternidade, então nada melhor do que um símbolo de uma mulher para representar tal poder. O culto à Maria é o culto da virgem mãe filiado ao Paganismo corrente como um seguro a este, vindo das religiões antigas. Prende-se muito ao culto da dulia e hiperdulia , de virgem e de mãe , o seu protótipo, como mãe a temos em Cibele ou Rhea esposa de Saturno, filha do céu e da terra , a mãe dos deuses, a boa deusa , a rainha do céu mitologicamente representada pela própria Cibele . Eles criam que a perpétua virgindade manteria o fogo sagrado acesso. Embora Roma Papal não dê a Maria o título de deusa como fazia Roma Imperial, Maria no entento tem sido a divindade mais invocada , amada , adorada, da que o próprio Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Muitos papas tem reconhecido em Maria poderes como onipresença , oniciência e onipresença, temos como exemplo o papa Gregório XVI que em 1841 , ensinou que a virgem visitava o purgatório todos os sábados, para livrar dele algumas almas.

Estudo do Pr. Amenou Pessoa de Queiroz 

Quem foi Débora na bíblia?

Por: Lorna Simcox

Algumas pessoas são líderes improváveis. Superficialmente, elas parecem não ter as características que geralmente associamos com grandeza e poder. Davi, por exemplo, era um jovem pastor de ovelhas, um sonhador que escrevia cânticos e tocava harpa – qualidades geralmente não procuradas quando você escolhe alguém para derrotar inimigos. No entanto, Deus o chamou não apenas para ser um homem de guerra mas também rei de todo o Israel. Por quê? Porque Davi tinha algo mais importante do que habilidade militar ou sangue real. Ele tinha fé em Deus.

Na época dos juízes, uma mulher chamada Débora tornou-se líder de Israel. Pelos nossos padrões, ela também era uma candidata improvável para essa tarefa tão relevante. A Bíblia fala pouco sobre suas credenciais, a não ser que era esposa e mãe (Jz 4.4; Jz 5.7), o que não a qualificava para dirigir um país. Porém, Débora tinha a mesma vantagem que Davi: ela tinha fé em Deus.

Numa época em que Israel andava aos tropeços e cada homem fazia aquilo que parecia certo aos seus próprios olhos (veja Jz 17.6; Jz 21.25), Deus escolheu uma mulher de grande fé que estava disposta a segui-lO em obediência.

As Escrituras dizem que Débora era uma profetisa, significando que Deus lhe falava e ela transmitia Sua Palavra ao povo. Ela era uma juíza, portanto, julgava as pessoas que vinham até ela para resolver suas contendas. Naturalmente, ela também era esposa e mãe.

Seu feito mais conhecido ocorreu quando os israelitas clamaram a Deus por libertação depois de vinte anos de opressão sob o jugo de Jabim, rei de Canaã. O poderoso Jabim tinha 900 carros de ferro e governava a partir de Hazor, no Norte de Israel. Débora, que vivia no Sul, fora de Jerusalém, nas regiões montanhosas de Efraim, convocou Baraque, da tribo de Naftali, da região de Hazor. Quando Baraque chegou, Débora corajosamente transmitiu-lhe o plano de Deus: “Porventura, o Senhor, Deus de Israel, não deu ordem, dizendo: Vai, e leva gente ao monte Tabor, e toma contigo dez mil homens dos filhos de Naftali e dos filhos de Zebulom? E farei ir a ti para o ribeiro Quisom a Sísera, comandante do exército de Jabim, com os seus carros e as suas tropas; e o darei nas tuas mãos” (Jz 4.6-7).

Baraque estava disposto a obedecer, mas insistiu que Débora fosse com ele. Ela concordou, porém disse a Baraque que assim ele cederia a uma mulher a honra de capturar Sísera.

Naquele dia Deus sustentou Israel, como Débora sabia que Ele faria. O Senhor enviou uma chuva torrencial que inundou o ribeiro Quisom e fez com que a armada aparentemente invencível de Sísera atolasse na lama. Este fugiu e foi engodado por Jael, outra mulher, que cravou uma estaca de tenda em sua cabeça e o matou. Dessa maneira, Deus libertou Israel.

Mais tarde, Débora escreveu um belo cântico (Jz 5) que exalta a Deus e revela muito sobre sua própria pessoa. Ela era uma mulher de profunda fé e grande discernimento espiritual. Havia avaliado a sombria situação de seu país com perspicácia (Jz 5.6-7), compreendeu o motivo da decadência (idolatria, v.8) e assumiu a responsabilidade pela nação (vv. 7,12). Ela tinha tanta autoridade que, quando convocou Baraque, ele veio imediatamente sem questionar sua autoridade ou suas instruções. Débora é a única mulher na Bíblia que não apenas governou Israel como também deu ordens militares a um homem, e isso com a bênção de Deus.

Quando ela mandava reunir as tropas, esperava que elas se apresentassem. Aos que ignoravam o chamado, ela amaldiçoava: “Amaldiçoai a Meroz, ...amaldiçoai duramente os seus moradores, porque não vieram em socorro do Senhor” (Jz 5.23). Débora provavelmente não conseguia entender por que esses combatentes de Israel tinham tão pouca fé em Deus.

Por um lado, Débora aparentava ser uma mulher “dura” no confronto, mas também parecia extremamente maternal. Somente uma mãe que se importa com seus filhos pensaria em descrever a mãe de Sísera aguardando ansiosamente que seu filho voltasse para casa, preocupada com sua demora em voltar da batalha (v.28).

É interessante observar que não há evidência bíblica de que Débora tenha usurpado a autoridade masculina. É triste dizer que, provavelmente, existia pouca autoridade masculina fiel a Deus naqueles dias. Israel estava em condição espiritual tão lamentável que Deus envergonhou a nação daqueles dias depositando o mais alto cargo de liderança nas mãos de uma mulher.

Hoje, vivendo em um mundo dirigido pelo sucesso e pelas realizações materiais, é fácil esquecer que Deus não deseja tanto as nossas habilidades, mas sim a nossa vontade, o nosso querer que vem da fé.

Podemos lembrar que a história das missões modernas está igualmente repleta de mulheres de grande fé a quem Deus colocou em posições de enorme responsabilidade. Nas selvas da Colômbia e da Venezuela, por mais de 50 anos, Sophie Müller implantou centenas de igrejas, até que o Senhor finalmente a levou em outubro de 1995. A sua autobiografia, publicada pela Missão Novas Tribos, é intitulada His Voice Shakes the Wilderness (A Voz de Deus Faz a Selva Estremecer).

Depois que Jim Elliot, Nate Saint e três outros missionários foram mortos no Equador pelas flechas dos índios Huaorani (Aucas) em 1956, duas mulheres os substituíram: Elisabeth Elliot, viúva de Jim, e Raquel Saint, irmã de Nate. A senhorita Saint ficou no Equador até sua morte em 1994, conduzindo os índios a Cristo, ensinando-os e ministrando-lhes a Palavra de Deus.

Baraque, sem dúvida, foi um ótimo militar, e seu nome está registrado em Hebreus 11 como homem de fé. Porém, ele mesmo teria capturado Sísera se tivesse confiado um pouco mais em Deus. Débora, por outro lado, era uma simples esposa e mãe, mas sua fé a tornou um vaso muito mais útil para o Senhor do que alguém poderia imaginar.

A Bíblia ensina que nosso tempo na terra é curto: “Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa” (Tg 4.14). Muitas pessoas podem abalar montanhas com suas credenciais e construir reinos com suas aptidões. Mas, no final, o que contará para a eternidade não será aquilo que realizamos com nossas habilidades, mas o que Deus fez através de nós por meio de nossa fé.

#debora #mulher

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Com brincos, anéis, colares e pulseiras, José Alfredo conseguiu se destacar no pequeno shopping e logo abriu uma segunda loja. Hoje, o empreendedor tem seis estabelecimentos comerciais que vendem roupas, bolsas e acessórios. Mas José Alfredo garante que o segredo do sucesso não está nas bijuterias. "Eu tive coragem. Para dar certo, a pessoa precisa se lançar para o mundo. Não adianta acreditar em Deus só dentro da igreja, você tem que acreditar que pode, que Deus é contigo, que tudo é possível. Tem gente que se apega a coisinhas e arranja desculpas. Quem quer vencer não precisa de dinheiro, precisa agir, acreditar e praticar a fé", conclui, com a certeza de que sonhar vale a pena.