Porque do pó não procede a aflição, nem da terra brota o trabalho. Mas o homem nasce para a tribulação, como as faíscas se levantam para voar. Porém eu buscaria a Deus; e a ele entregaria a minha causa. Ele faz coisas grandes e inescrutáveis, e maravilhas sem número. Ele dá a chuva sobre a terra, e envia águas sobre os campos. Para pôr aos abatidos num lugar alto; e para que os enlutados se exaltem na salvação. Ele aniquila as imaginações dos astutos, para que as suas mãos não possam levar coisa alguma a efeito. Ele apanha os sábios na sua própria astúcia; e o conselho dos perversos se precipita. Eles de dia encontram as trevas; e ao meio-dia andam às apalpadelas como de noite. Porém ao necessitado livra da espada, e da boca deles, e da mão do forte. Assim há esperança para o pobre; e a iniqüidade tapa a sua boca. Jó 5:6-16

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que significa uma guirlanda em sua porta?

Não sou o que os outros querem que eu seja, eu sou quem eu tenho que ser

O mel, o leão e o enigma de Sansão!